5 ações que você deve evitar na hora de contratar um ERP

Decidir por implementar um ERP dentro do seu negócio é girar uma chave e dar um grande passo rumo à solução de problemas empresariais. Um bom  sistema de gestão fornece inúmeros benefícios para negócios, porém, ao optar por essa implementação, alguns erros podem ser cometidos pela companhia como, por exemplo, não contratar profissionais qualificados e não envolver todo o time na adaptação ao novo sistema.

Dados da IDG Research Services mostram que as empresas que contratam ERP’s para auxiliar na gestão apresentam, em média, um crescimento 35% mais rápido do que aquelas que não contratam. Cientes de que as empresas estão expostas a muitos equívocos durante o processo de contratação, separamos 5 ações que você deve evitar na hora de contratar um sistema de gestão para o seu negócio. Confira a seguir e deixe seu comentário caso fique com alguma dúvida a respeito do processo.

1. Priorizar o preço 

O primeiro erro da nossa lista é um dos mais comuns: escolher o ERP levando em consideração somente o valor do investimento. E esse é um grande erro. O ditado “o barato sai caro” ilustra perfeitamente essa situação.

Escolher o sistema que irá acomodar todos os processos do seu negócio única e exclusivamente pelo preço pode levar a sua empresa a enfrentar inúmeros problemas pela frente. Afinal, na hora de contratar um ERP, o recomendado é se atentar a pontos como recomendações de usuários e qualidade dos serviços e ferramentas oferecidos. O preço pode, e deve, ser levado em consideração, mas nunca o fator decisivo para a sua escolha. 

2. Não realizar um bom diagnóstico de aderência 

Uma das grandes vantagens do ERP é que ele é customizável e totalmente adaptado ao seu modelo de negócio e rotina da sua empresa. Não é porque um ERP atende perfeitamente a um conhecido seu, que ele também irá te atender bem. Cada negócio é único e possui processos específicos, por isso nunca economize tempo e nem dinheiro em um diagnóstico de aderência.

Ele é uma etapa que vai ser chave em entender como o sistema de gestão pode ajudar nos seus processos e, mais especificamente, qual sistema é o ideal para o seu nicho de mercado.

A falta de um bom diagnóstico de aderência pode fazer com que a sua empresa perca muito dinheiro, afinal, a contratação de um sistema que não corresponde às suas necessidades pode custar mais caro do que você imagina. 

3. Contratar poucas horas de treinamento 

Você pode ter o melhor sistema de gestão do mundo, mas tudo será em vão se seus colaboradores não souberem como usar todas as ferramentas nele disponíveis.

Quando o seu funcionário aprende a utilizar o ERP da melhor forma, ele acaba gastando menos tempo na utilização da ferramenta e tendo mais agilidade na tomada de decisões – além de ter mais tempo para dedicar aos serviços que precisa executar. Por isso, o treinamento do sistema de gestão é tão importante e, economizar na hora de contratar esse serviço, pode ser bastante prejudicial para o seu processo de implementação e adaptação da equipe. Clique aqui e entenda melhor como funcionam todos os passos da etapa de capacitação.

4. Acreditar que o ERP é a solução de todos os seus problemas 

As empresas que pensam que, após contratar o ERP, não precisam mais se preocupar com nada e acabam descuidando dos processos internos, estão bastante equivocadas e poderão pagar caro por isso. Na verdade, o ideal é que aconteça totalmente o contrário.

As companhias precisam primeiro ajustar todos os seus processos internos e terem a certeza de que tudo está funcionando perfeitamente, para somente depois, analisarem a contratação de um sistema de gestão. Para facilitar esta etapa, existe a consultoria de processos, que irá te ajudar a manter a organização interna antes e durante a implementação do ERP. Afinal, colocar um software para rodar exige uma série de mudanças e muito planejamento. 

5. Buscar sistemas generalistas

Sistemas generalistas – ou genéricos – que atendem a todos os nichos, exigem uma equipe de TI e um bom orçamento para customização, afinal, como dito anteriormente, o sistema que é bom para o negócio do seu vizinho não necessariamente será bom para o seu negócio. Por isso, a contratação de sistemas generalistas exige a adequação de processos – o que resultará em um gasto relativamente alto e que não existiria se fosse feita a contratação de um sistema especialista. 

Conheça a Solution

Nós, da Solution, trabalhamos com sistemas especialistas, ou seja, desenvolvidos especialmente para o seu negócio e para atender aos processos específicos da sua empresa. O ERP especialista é aquele ideal para a sua companhia e oferece diversos benefícios como, por exemplo, padronização de informações e de processos, otimização de tempo e auxílio na tomada de decisões estratégicas. Nossos sistemas são rápidos, intuitivos – fáceis de usar – e estão sempre atualizados, em termos técnicos e legislativos.

Quer saber mais sobre como podemos ajudar o seu negócio a crescer com a utilização de sistemas especialistas? Clique aqui e fale com a nossa equipe, será um prazer acompanhar a sua empresa nessa jornada. 

Deixe um comentário