Como a autogestão empresarial pode deixar sua equipe mais motivada

Você já ouviu falar em autogestão empresarial? Esta é uma prática organizacional que grandes empresas têm adotado para estimular o protagonismo de seus funcionários. Esse tipo de gestão garante a autonomia dos colaboradores sem a necessidade de intervenções de um superior. No entanto, seguem com um conjunto de regras e normas organizacionais que devem ser acordadas coletivamente.

 

Este sistema exclui a relação chefe-subordinado e torna cada decisão mais individual, o que reduz o tempo gasto e, consequentemente, acelera os processos dentro de uma empresa. Claro que este é um processo longo e que não vai ser simples de ser implementado. Em contrapartida, uma decisão como esta transmite mais poder de decisão e liberdade aos funcionários. Deixar a responsabilidade para o próprio trabalhador traz mais compromisso individual e comprometimento com o resultado final das demandas. 

Em um modelo de autogestão se quebra a ideia de que as grandes decisões são responsabilidades apenas dos cargos mais altos. Acreditar no potencial do colaborador e comprovar isso lhe dando mais responsabilidades é um grande passo para a inteligência e estabilidade emocional dentro do ambiente de trabalho. Neste sentido, o resultado de adotar este modelo de negócio é ter um funcionário com maior crescimento e maturidade para exercer sua função, confiante para tomar decisões e modificar os processos de trabalho. 

Além de funcionários mais proativos, a empresa ganha agilidade nos processos. Com o autogerenciamento o funcionário não precisa mais esperar coordenadas do gestor para iniciar ou dar continuidade ao seu trabalho. Ainda é possível diminuir o tempo gasto para resolver problemas e acabar definitivamente com o ruído de comunicação entre gestor e funcionário. 

Quais são as vantagens da autogestão empresarial?

Para alcançar este objetivo, é preciso esclarecer pontos sobre as fraquezas e forças e deixar tudo bem explicado para o time. O autoconhecimento é o ponto chave para a autogestão e implica em fazer uma autoavaliação do trabalho, analisando pontos positivos e negativos do próprio desempenho. 

Deixar todos cientes da cultura da empresa e dar acesso a sistemas com indicadores de performance individual é uma regra para quem quer implementar a autogestão no próprio negócio. Para além do aumento na produtividade e da motivação dos funcionários, há ainda outros benefícios gerados pela autogestão. São eles:

Responsabilidade

Ser responsável é uma característica de cada indivíduo e, mesmo que essa seja uma ação coletiva, a autogestão é, em princípio, um aspecto individual. Estamos dizendo isso porque cada pessoa tem uma forma de lidar com a responsabilidade que recebe. Com a autogestão os colaboradores são levados a conhecer as suas obrigações e a lembrar delas, desenvolvendo assim um senso maior de responsabilidade.

Comprometimento

Quando damos a alguém autonomia e quando as pessoas estão engajadas e sabem que o sucesso ou o fracasso de uma ideia são também de sua responsabilidade, elas acabam atuando com maior comprometimento. A autogestão colabora no aumento do comprometimento de cada indivíduo da equipe em relação à sua empresa como um todo.

Criatividade

Ser criativo é uma qualidade essencial dos trabalhadores no mercado atual, porém, não há como desenvolver a criatividade em ambientes autoritários e pouco flexíveis. A autogestão dá aos colaboradores espaço para as novas ideias e confiança em diferentes possibilidades. Quando as pessoas são estimuladas a dar o seu melhor, elas alcançam níveis mais altos.

Performance

Você acreditaria se a gente te dissesse que a autogestão deve ser considerada, entre outras coisas, como como uma técnica psicológica criada para melhorar a performance das equipes profissionais? Coloque-se no lugar de alguém que tem pressão de tempo – ou um limite – para concluir uma tarefa. Muitas vezes você cumpre o prazo, mas não o faz com grande qualidade. A autogestão dá ao colaborador a possibilidade de superar os obstáculos trabalhando suas próprias habilidades. Ok, para que isso seja possível devem haver condições ideais, os gestores devem ser receptivos e os funcionários devem direcionar seus esforços as metas estabelecidas. 

Dicas para estimular a autogestão da sua equipe

Independente do cargo, nível hierárquico ou setor, a autogestão permite aos colaboradores contribuir para o desenvolvimento de ideias e projetos para toda a empresa. Para deixar os processos mais eficientes, incentivar quem trabalha com você a buscar aprimoramento e executar tarefas de maneira diferente, é necessário trabalhar formas de estímulo. Aqui vão algumas dicas para você incentivar a autogestão: 

Espírito de liderança: quando se incentiva a liderança, se desenvolve também várias habilidades gerando destaque e influenciando diretamente nos resultados de toda a equipe.

Organização participava: para inserir e dar reconhecimento aos seus funcionários, abra espaço para ideias e sugestões. Fazendo isso, além de melhorar o clima na sua empresa, você aumenta o engajamento do seu time.

Relacionamento e comunicação entre os funcionários: não deixe que os ruídos interpessoais atrapalhem a comunicação entre os seus colaboradores. Dessa forma você evitará discussões, competições e intrigas entre os colegas e tornará melhor o trabalho em equipe. 

Invista em inteligência emocional: desenvolver as competências emocionais dos seus funcionários faz com que haja evolução em vários âmbitos e hoje a inteligência emocional é uma peça essencial para um ambiente de trabalho produtivo. 

É muito importante lembrar que ninguém conhece melhor o trabalho do que o próprio profissional que o desempenha. Quando você investe em confiança, abre espaço para que o seu negócio cresça de forma mais saudável e produza melhor, utilizando cada vez mais o potencial de cada colaborador. 

Aderir a essa metodologia irá evitar que a sua equipe sinta-se sobrecarregada e pressionada nas atividades diárias, deixando-os mais tranquilos para realizar as suas demandas. Na autogestão o compromisso substitui as relações hierárquicas. 

Pare por alguns instantes e faça uma análise. Verifique o seu quadro de funcionários e veja qual tarefa pode ser transferida para cada um. A autogestão empresarial é um grande passo a ser dado para fazer com que a sua empresa conquiste um lugar de destaque no mercado e é essencial para que os funcionários se tornem mais confiantes e produtivos profissionalmente.

Para te ajudar a implementar a autogestão empresarial, nós, da Solution, oferecemos a você o melhor serviço de gestão inteligente para ajudar no crescimento do seu negócio, assim, você terá mais tempo para se preocupar com essa implementação, visto que os processos corriqueiros já estão sendo desenvolvidos com excelência. Conheça melhor os nossos serviços e nós vamos até você!

Deixe um comentário