Como a internet das coisas está causando mudanças significativas na rotina das pessoas

 

“O mundo está mudando rápido demais”, essa provavelmente deve ter sido a frase mais dita nos últimos quatro anos. Isso porque é verdade, o mundo está mudando em uma velocidade incrível e tudo isso devido às interações que a internet permite que façamos.

 

Pare e pense: há alguns anos, como era sua relação com a tecnologia em uma escala de 1 a 5? Provavelmente um 2, certo? No máximo 3. Isso porque você não dependia da conexão com a internet para chamar um carro, para fazer uma reunião ou interagir com seus amigos. O uso da internet era mais escasso, as tecnologias existentes hoje ainda não haviam sido implementadas, logo, isso não nos fazia falta.

Percebe o quanto nossa vida mudou nos últimos anos por conta da tecnologia?

Então…. Aqui vai uma notícia: ela vai mudar ainda mais!

Isso porque a Internet das Coisas (Internet of Things – IoT) promete revolucionar por completo a nossa rotina. Se hoje você pensa que vive conectado, imagine só quando estiver dirigindo e o carro de trás lhe avisar que logo à frente se formará um congestionamento.

Ao mesmo tempo, você decide ver o que possui em sua geladeira e o que precisará comprar no mercado. O seu aplicativo lhe mostrará essas informações e ainda lhe mostrará os mercados mais perto de você, que, olha que bacana, possuem os produtos que você precisa comprar.

Ou melhor, imagine você uma ambulância com uma pessoa gravemente ferida sendo conduzida pelo trânsito caótico de São Paulo em plena hora do rush e, a medida em que a ambulância passa as sinaleiras que estão no seu caminho são automaticamente avisadas disso e abrem seus sinais. Os carros por sua vez são automaticamente freados de uma forma que facilitem seu trajeto até que a mesma chegue no hospital a tempo de cuidar do paciente gravemente ferido.

Na terceira situação, você está sozinho em casa e começa a ter dores no estômago. Através de um dispositivo inteligente você envia na hora seus sintomas para seu médico, ele recebe em tempo real e lhe fornece um diagnóstico e os remédios que você deve tomar. Automaticamente o sistema lhe sugere as farmácias mais próximas que possuem os medicamentos e os encomenda para você.

Estes são apenas alguns exemplos de como a nossa rotina será drasticamente alterada pela Internet das Coisas. Esse “futuro” está mais próximo do que a gente pensa. De acordo com a Gartner, 20,4 bilhões de dispositivos devem estar conectados até 2020, ano em que as despesas com hardware dos segmentos de consumo e negócios podem atingir quase US$ 3 trilhões.

Na Coréia, Dinamarca e Suíça essa novidade já está presente. No Brasil, a Internet das Coisas tem facilitado a vida no campo. Equipamentos para colheita e transporte de produtos já contam com sensores que monitoram a distância percorrida, o consumo de combustível e até mesmo a pressão dos pneus, isso contribui para reduções de custo que chegam a 35%.

Em São Paulo existem edifícios que oferecem aos moradores a possibilidade de autorizar a entrada de visitantes, ver câmeras de seguranças ou chamar alguém para limpar o apartamento através de um aplicativo próprio.

No final de 2017, a USP inaugurou um laboratório de pesquisas em internet das coisas. O espaço oferece equipamentos de última geração para startups, pesquisadores, empresas incubadas e iniciativas científicas e empresariais. O laboratório faz parte do contexto do Plano Nacional de Internet das Coisas do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDS).

Essa comunicação direta entre os mais diversos equipamentos utilizados em nossa rotina promete transformar para sempre todos os nossos hábitos. Seja em nossos processos empresariais, enquanto dirigimos ou até mesmo enquanto damos aquela corrida no final do dia: seremos 100% tecnológicos, não há como fugir disso. E você, está preparado?

Está gostando da nossa série de posts sobre a Internet das Coisas? No próximo, vamos falar sobre como a realidade da sua empresa poderá ser totalmente revolucionada através da IoT.

Até a próxima!

Deixe um comentário