Passa ano, vem ano e a palavra de ordem continua sendo uma só: inovação

Este ano teve uma sequência de acontecimentos interessantes. Mas o assunto que esteve em pauta durante os 365 dias do ano, sem dúvida alguma foi a crise econômica sentida por todas as classes. 2017 está chegando e quando um novo ano se aproxima, temos a tendência em achar que tudo será diferente. A esperança é importante, mas pensar com os pés no chão é fundamental para prever problemas futuros e assim preparar sua empresa para enfrentar os obstáculos.

Em novembro o Ministério da Fazenda reduziu a projeção do crescimento do PIB, que estava em 1,6%, para 1%. Quando a economia é menor que a previsão, a arrecadação de impostos também diminui. Por isso, a mudança na projeção para o desempenho do PIB também afeta os cálculos do governo para suas receitas em 2017.

Diante deste cenário, o que é aconselhável que uma empresa faça para reduzir esse impacto em seu orçamento?

Você já ouviu a afirmação de que projetos incríveis surgem em meio a cenários desfavoráveis? Então.

Apesar de ter caído no senso comum, a palavra inovação, quando transformada em ação, pode proporcionar vantagens competitivas em relação a outras empresas, desencadeando um processo de crescimento.

Muito além de uma boa ideia

Antes de tudo você precisa entender que inovação é bem mais do que uma grande ideia. Inovação é ter um insight, acreditar que ele pode dar certo e ir atrás de recursos para fazer com que esta “coisa nova” torne-se real.

É preciso arregaçar as mangas, mergulhar no projeto e estar disposto a fazer acontecer.

Sem medo de errar

Para Guilherme Brammer, fundador da Wise Waste, empresa que transforma resíduos em novos produtos, o negócio é ir prototipando e aprimorando conforme o necessário. “Não se pode esperar muito. Além disso, é preciso ir a campo, observar as impressões, perguntar. Isso ajuda muito”, destaca.

Ou seja: faça! E não tenha medo de errar, pois serão as falhas que irão auxiliar você a chegar em um resultado final satisfatório.

As diversas formas de inovar

Sempre é possível implementar novidades e atualizar-se. Inovação não restringe-se ao que você entrega de diferente para o seu cliente, inovação pode abranger as mais diversas áreas do seu empreendimento.

Inovar não é necessariamente começar algo do zero. Fazer aprimoramentos ou melhorar algo já existente também conta, e muito. Por isso, esteja atento ao que ocorre dentro do seu negócio e use o potencial já existente para fazer transformações.

Nos últimos anos, as inovações na área da gestão, têm permitido que empresas atinjam, novas performances de desempenho. Implementar novas tecnologias no sistema de registro de dados de uma empresa, por exemplo, trata-se de uma inovação, pois, além de facilitar a rotina dos diversos setores, auxilia na tomada de decisões mais assertivas.

Quer saber mais sobre este assunto? Entre em contato com a equipe Solution e dê o primeiro passo rumo à inovação em seu negócio.

Deixe um comentário