Business Intelligence: como a tecnologia beneficia o Agronegócio?

Tempo de leitura: 4 minutos
business intellingence no agronegócio

Quando se fala em Business Intelligence (BI), é comum as pessoas associarem o termo aos setores de tecnologia, varejo e finanças. Mas você sabia que esse conceito beneficia, também, o agronegócio?

O BI está relacionado à coleta e ao uso de dados, e como o produtor também têm a possibilidade de acessar informações por meio de ferramentas, ele pode muito bem usar disso para elaborar estratégias mais assertivas e inteligentes para o seu negócio.

No artigo explicamos mais detalhes sobre o que é o Business Intelligence, por que propriedades e empresas do setor agro devem usar o BI, e quais os benefícios obtidos com essa inovação tecnológica.

Esperamos que goste!

Afinal, o que é Business Intelligence? 

O Business Intelligence, que em português significa Inteligência de Negócio, trata do uso de ferramentas modernas e tecnológicas para coletar e analisar dados. Essa análise é capaz de ampliar a visão dos usuários acerca de suas operações, bem como gerar insights importantes para as estratégias de negócio.

Essas ferramentas podem incluir softwares para gestão, drones, GPS, aplicativos, sensores de monitoramento, Big Data, plataformas de inteligência e análise de dados, entre outras.  

Por que usar o BI no agronegócio?

Um dos problemas que mais impactam os resultados de uma propriedade ou empresa do setor são as perdas e os desperdícios. Esses valores estão relacionados muitas vezes ao mau gerenciamento, que requer do proprietário ou gestor uma visão abrangente e realista sobre a lavoura e os eventos externos que afetam a atividade rural.

Como o Business Intelligence trata da coleta e do uso de dados, é possível descobrir informações sobre absolutamente tudo que envolve a propriedade ou empresa agro. Não só isso, analisar dados de mercado que permite identificar riscos ou até mesmo tendências e oportunidades do setor.

Ou seja, usar o BI no agronegócio é uma forma de tornar a propriedade mais inteligente para obter ganhos mais expressivos agora e no futuro. 

Benefícios obtidos com o Business Intelligence

O grande benefício do BI é que ele amplia a visão sobre todo o modelo de negócio. O produtor ou a empresa agro consegue acompanhar todo o desempenho da atividade e em cima desse conhecimento, definir estratégias que ajudam a minimizar as perdas e melhorar os resultados de produção.

Claro que as vantagens não param por aí. Existem muitos outros ganhos que também merecem e precisam ser mencionados. Abaixo, veja quais são eles:

1- Possibilidade de fazer previsões

Como permite uma leitura analítica sobre processos e mercado, o produtor ou a empresa agro pode fazer previsões de negócio, identificando oportunidades e riscos. E assim, orientar o seu planejamento de modo a se preparar para aproveitá-las ou se prevenir contra eventuais problemas. 

2- Maior produtividade

A análise de dados também permite descobrir gargalos na atividade rural, favorecendo a adoção de estratégias para solucionar os problemas e aumentar a produtividade. 

Por exemplo, se um maquinário agrícola estiver com baixo desempenho devido a problemas técnicos, o produtor rural pode realizar manutenções preventiva ou corretiva para potencializar o seu uso.  

3- Monitoramento de resultados

Além da possibilidade de fazer previsões e aumentar a produtividade, o Business Intelligence também contribui para o monitoramento de resultados. A empresa ou o produtor rural pode acompanhar o desempenho de toda a atividade por meio de softwares e plataformas inteligentes e, graças a essa visão, ir direcionando suas ações estratégicas e investimentos para o caminho que gera retorno. 

4- Melhora a gestão dos negócios

O acesso e a análise de dados também contribuem para o melhor gerenciamento dos negócios. Isso porque a elaboração das estratégias e a tomada de decisão passam a ser realizadas em cima de informações confiáveis sobre a atividade e que condizem com a realidade da empresa agro ou do produtor.  

5- Aumento da competitividade

Com base nos dados, a empresa ou produtor rural podem definir metas para adquirir insumos com melhor custo benefício, otimizar a cadeia de produção e reduzir desperdícios. Isso reflete na qualidade dos produtos e serviços, bem como nos preços, favorecendo para o aumento da competitividade.

Como implementar o Business Intelligence no agro

Como mencionado, o Business Intelligence envolve o uso de ferramentas para coletar e analisar dados. Logo, a implementação do BI no agro depende unicamente da aquisição dessas tecnologias.

Existem muitas soluções que foram desenvolvidas e estão relacionadas ao Business Intelligence, mas as principais são:

  • Drones: para coletar os dados sobre o desempenho do plantio, avaliar os gargalos de produção e levantar as áreas que requerem maior cuidado;
  • Sensores e GPS em máquinas agrícolas: para levantar informações sobre os ativos, e fazer o monitoramento dos equipamentos;
  • Software de gestão: para integrar todos os dados e as operações em um só lugar, a fim de garantir uma visão ampla sobre a atividade;
  • Plataformas de inteligência e análise de dados: para examinar todas as informações coletadas por outros dispositivos, e gerar insights inteligentes baseados nesses dados. 

Os setores que mais utilizam o BI até podem ser o de tecnologia, varejo e finanças. No entanto, isso não significa que o Business Intelligence não seja aplicado no agronegócio. Tecnologias como software, aplicativos, drones e sensores já fazem parte da rotina de muitos produtores e empresas agro, e aqueles que ainda não investem nessas ferramentas, têm a possibilidade de contatar um parceiro especializado em soluções BI e fazer isso hoje mesmo.  

Gostou do conteúdo? Continue acompanhando nosso blog para ficar por dentro de todas as novidades do mundo agro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *